top of page
Design%20sem%20nome%20(7)_edited.jpg

Suporte ao ensino  aprendizagem

Apoio aos alunos, famílias e professores no enfrentamento dos desafios da rotina escolar.

Experimentar com a desconstrução dos obstáculos que afloram no dia a dia dos alunos e, junto com eles, transformá-los em novas oportunidades de aprender novos percursos, rumo à necessária e desejada autonomia.

Cópia de Sem nome.png

Mapeamento

Entender para atender

 

Objetivo principal:

 

Dar início ao processo de MAPEAMENTO das dificuldades, entendendo as necessidades particulares das crianças, dos jovens e de suas famílias, ao enfrentarem os desafios da rotina escolar.

O MAPEAMENTO é a porta de entrada de  todo o trabalho de suporte ao ensino-aprendizagem, seguido do ATENDIMENTO e do estabelecimento do DIÁLOGO MULTIPROFISSIONAL. 

 

Público-alvo:

 

Famílias com filhos em idade escolar.

Entre em contato para iniciarmos nossa conversa e entendermos como podemos caminhar juntos.

Cópia de Sem nome (2).png

Atendimento

Infanto-juvenil

Objetivo principal:

 

Todos sabemos que "ver além das dificuldades e pedir ajuda" não é uma tarefa fácil. Mas é, certamente, uma tarefa possível.

Durante os atendimentos às crianças e aos jovens, o objetivo é construir as bases para superação dos desafios enfrentados na rotina escolar. Juntos, aprendemos o que é necessário para transformar dificuldades em oportunidades de aprendizado, na direção de uma vida mais autônoma.

Os atendimentos acontecem individualmente e, por vezes, também em grupos.

O trabalho segue paralelamente ao estabelecimento do DIÁLOGO MULTIPROFISSIONAL.

Público-alvo:

 

Crianças e jovens em idade escolar.

Entre em contato para iniciarmos nossa conversa e entendermos como podemos caminhar juntos.

Design sem nome (12).png

Diálogo multiprofissional

Objetivo principal:

 

O estabelecimento do diálogo multiprofissional auxilia a mediar e aprofundar a comunicação entre todos aqueles diretamente envolvidos com a criança/jovem, a fim de que o conhecimento que se produz circule e opere a seu favor, fortalecendo a parceria entre a família, a escola e demais profissionais.

Quando todos "falamos a mesma língua" no enfrentamento do que se mostra desafiador, maiores são as chances de, juntos, superarmos dificuldades e avançarmos rumo à desejada autonomia.

 

Público-alvo:

Médicos, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, equipe escolar, staff doméstico e demais profissionais envolvidos com a criança, o jovem e sua família.

Entre em contato para iniciarmos nossa conversa e entendermos como podemos caminhar juntos.

Design sem nome (6).png

Objetivo principal:

Suporte ao profissional que está se preparando para atuar no campo psicopedagógico e pretende trabalhar diretamente com as famílias e seus filhos em idade escolar.

Público-alvo:

Psicopedagogos recém-formados ou em formação.

Entre em contato para iniciarmos nossa conversa e entendermos como podemos caminhar juntos.

Design sem nome (19).png

Objetivo principal:

 

O que impacta o aprendizado? Qual o papel do professor nesse processo? E o dos alunos?

Trabalhamos temas de interesse profissional com equipes pedagógicas, avançando na construção coletiva dos necessários saberes, em torno do que se pretende para a educação do século XXI.

Público-alvo:

 

Equipes pedagógicas que atuam em instituições de ensino.

Entre em contato para iniciarmos nossa conversa e entendermos como podemos caminhar juntos.

Design sem nome (21).png

Objetivo principal:

Co-construir jornadas de aprendizado promotoras  da autonomia dos alunos requer dos professores percorrer o mesmo trajeto, também como aprendizes.

 

​A proposta desse trabalho de formação continuada é caminharmos junto ao professor que atua em sala de aula, fortalecendo as bases de sua autonomia e autoria, ambas necessárias para que este profissional esteja, novamente, no centro do seu processo de crescimento individual e profissional.  

Cuidar de si é o primeiro passo para acolher as dificuldades do outro.

Público-alvo:

Pedagogos, professores licenciados, coordenadores escolares, diretores de escolas, orientadores educacionais e outros interessados nos processos de emancipação do indivíduo no espaço escolar.

Entre em contato para iniciarmos nossa conversa e entendermos como podemos caminhar juntos.

bottom of page